20 Novembro, 2018

webmail

Historico da Câmara



Histórico (1890 - 1892)

Após a Proclamação da República, foi constituído no Rio de Janeiro um governo provisório, sob a presidência de Manoel Deodoro da Fonseca e no Rio Grande do Sul, como governador político, assumiu José Antônio Corrêa Câmara, Visconde de Pelotas.

Por Ato de 2 de janeiro de 1890, do governador político do Estado, foi dissolvida a Câmara Municipal e nomeada uma COMISSÃO ADMINISTRATIVA MUNICIPAL para gestão dos negócios do Município, regendo-se pelas leis já existentes, denominada JUNTA MUNICIPAL.


Membros da Comissão

A comissão nomeada pelo referido Ato, compunha-se de três cidadãos:

- João Ferreira Barbosa e Silva
- Antonio Nelson da Cunha
- Isidoro Neves da Fontoura

Em 13/02/1890, João Ferreira Barbosa e Silva foi substituído por David Soares de Barcellos.

Em 20/08/90, foi elevado a cinco o número de membros da Comissão Administrativa, sendo nomeados então:

- Antonio Gomes de Oliveira

- Manoel Alves da Silva

Em 31/03/1892, foi concedida exoneração a Augusto Bráulio Castilho conforme solicitação do mesmo.
Não há registros em documentação do seu ingresso na comissão citada.