21 Outubro, 2018

webmail

Sartório quer incentivar uso de energia solar para aquecimento de água

sartrio_27-06_640.jpg 

Sartório quer incentivar uso de energia solar para aquecimento de água

O vereador Oscar Sartório (PR) mantendo o ritmo na apresentação de propostas inovadoras para a cidade, apresentou nesta segunda-feira (27) um projeto de lei que dispõe sobre a instalação de sistemas de aquecimento de água por energia solar nas edificações de uso não residencial do Município.

De acordo com o texto elaborado por Sartório, tais sistemas de aquecimento de água poderão ser complementares a outros métodos, conforme as características de cada edificação, sendo permitidas todas adequações às tecnologias disponíveis no mercado.

O objetivo da Lei é tornar obrigatória a instalação desses sistemas em hotéis, motéis, clubes esportivos, saunas, academias de ginástica e desporto, hospitais, casas de repouso escolas, albergues, indústrias, lavanderias, entre tantos outros tipos de estabelecimentos de prestação de serviço que utilizem água aquecida na consecução de suas atividades.

Segundo esclarece o vereador, os sistemas de aquecimento de água por energia solar de que trata esta Lei, deverão ser projetados e construídos, para atender, no mínimo, a cinquenta por cento de toda a demanda de água quente da edificação.

ECONOMIA - A justificativa utilizada pelo parlamentar refere que a energia solar é a mais limpa e a mais barata, principalmente levando-se em consideração o fato de que, no Brasil, as condições são mais do que favoráveis a este tipo de iniciativa. "Estudos mostram que praticamente 40% da energia consumida em uma residência são para aquecer a água para fins de higiene pessoal. Ora, para esse consumo é perfeitamente viável o aproveitamento de energia solar, pois a instalação de simples aquecedores permitem o aquecimento da água sem custos, economizando a energia gerada por outra fonte poluidora e/ou impactante e com alto custo", explica Sartório.