17 Dezembro, 2018

webmail

Após reunião com vereadores, Ghignatti decide retirar o PL 50

 
 
Em reunião com um grupo de vereadores, na tarde desta sexta-feira (28), o prefeito Sérgio Ghignatti garantiu aos parlamentares que irá retirar o PL nº 50. O projeto traz diversas alterações no Estatuto dos Servidores e o Plano de Carreira do Magistério, modificando questões referentes à aposentadoria e à incorporação de funções gratificadas e regime suplementar de trabalho.
 
Além do prefeito, o encontro contou com a participação do Procurador Jurídico do Município, Leonel Gonçalves, da Secretária Municipal da Fazenda, Viviane Santana Dias, da Diretora da Procuradoria Jurídica, Juliana Flores, e dos vereadores Azevedo da Susepe (PPS), que presidiu a reunião, Telda Assis (PT), Dr. Carlos Alberto (PP), Jeremias Madeira (PDT), Gilmar Dutra (PRB), Paulão Trevisan (PDT) e Ronaldo Trojahn (PSB), que retorna ao Legislativo na próxima segunda-feira (1º).
 
Na oportunidade, os vereadores expuseram ao prefeito a dificuldade em avaliar o projeto em razão de haver diversas questões diferentes no mesmo documento e sugeriram que as medidas fossem encaminhadas isoladamente. Após discutir os pontos principais da matéria, Ghignatti, que recordou que recebeu dos três sindicatos de servidores municipais documento solicitando a retirada do projeto, concordou com os parlamentares e garantiu que irá retirar o PL 50 ainda na tarde de hoje, para reencaminhar as matérias de forma separada.
 
“Agradeço ao aconselhamento de todos vocês. Isso sim é uma discussão democrática. Estou muito feliz”, finalizou o prefeito. “Também ficamos muito satisfeitos com essa decisão, pois assim poderemos analisar com maior precisão cada uma das propostas”, complementou Azevedo.