19 Setembro, 2019

webmail

Câmara homenageia 50 anos da Celetro e concede título de Cidadão Benemérito a José Benemídio de Almeida

 
 
A Câmara de Vereadores realizou, na noite desta quinta-feira (29), sessão solene para homenagear os 50 anos de fundação da Cooperativa de Eletrificação Rural Centro Jacuí (Celetro) e para conceder título de Cidadão Benemérito ao seu presidente, José Benemídio de Almeida.
 
O requerimento para destacar a passagem dos 50 anos da Celetro é de autoria do vereador Carlos Alberto (PP) e o projeto de Decreto Legislativo que concede o título honorífico foi apresentado por Paulão Trevisan (PDT), atualmente licenciado para exercer a função de secretário de Interior.
 
No início da solenidade, foi apresentado um vídeo sobre a trajetória do homenageado, nascido em 1938 em Cachoeira do Sul, desde a sua infância até os dias de hoje. Na sequência, os vereadores foram à tribuna ressaltando a importância da Celetro para os 27 municípios da região central do Estado que atende, e o trabalho de seu atual presidente, José Benemídio de Almeida.
 
Na tribuna, o presidente do Legislativo, vereador Carlos Alberto,  ressaltou a atuação do homenageado em várias áreas. “Nos dias de hoje, procuramos pessoas que nos ensinam com exemplo e Vossa Excelência tem feito isso nos seus mais de 81 anos. Além de exercício na Celetro, onde começou em 1986, tendo passado por quase todos os cargos e a presidência desde 2004, tem assumido diversas atividades sociais importantíssimas para Cachoeira em entidades como a Associação dos Deficientes Auditivos, ao qual foi fundador, e Apae, e outras atividades como como a distribuição de material escolar para escolar pela Celetro”.
 
Na sequência, o vereador relembrou um acontecimento em que a Cooperativa teve importante papel em prol da comunidade cachoeirense.  “Há alguns anos, Cachoeira sofreu com uma enxurrada e a AES Sul afirmou não poder mexer no transformador que estava sob o Rio Jacuí, devido às fortes chuvas. Cachoeira do Sul estava às escuras, sem eletricidade e a Celetro, através de seu presidente, o nosso homenageado de hoje, pôs sua equipe à disposição, assumindo uma responsabilidade que não era sua. Aliás, Benemídio e Celetro são duas palavras não tem como separar. É uma parceria que deu certo e o pessoal de Cachoeira sabe disso”, enfatizou.
 
Em sua manifestação, o novo Cidadão Benemérito de Cachoeira do Sul, homenagem que é concedida a cachoeirenses que tenham prestado relevantes serviços à comunidade, agradeceu ao reconhecimento do Legislativo. “Hoje eu vejo aqui que tudo aquilo que eu pensei, tudo aquilo que eu determinei a mim mesmo ser meus passos, quando se faz alguém enxerga. Eu estou aqui emocionado, às vezes até sem condições de falar, de raciocinar, porque eu jamais imaginava ser homenageado dessa forma. Se vocês analisaram e viram que eu fiz alguma coisa de boa, eu fico alegre e muito satisfeito com isso. Saio daqui um homem um pouco diferente, acreditando um pouco mais na sociedade e naqueles que, de uma forma ou de outra, tem a capacidade de enxergar aquilo que os outros fazem. Agradeço de coração a todos os que aqui estão, meus amigos, meus companheiros da Celetro, meus funcionários. Ninguém faz nada sozinho, sempre temos que ter alguém ao nosso lado, ou mesmo à distância, para nos ajudar. Por isso eu só tenho que agradecer a todos aqueles que estão envolvidos nessa homenagem que recebi hoje. Serei com muita satisfação um cidadão cachoeirense benemérito”, finalizou Benemídio.